Artigos Recentes

#GREVEGERAL: ATO REÚNE MAIS DE 80 MIL PESSOAS EM FORTALEZA

Paralisação teve como objetivo o protesto contra a reforma da Previdência (PEC 06/2019) do atual governo, que ameaça direitos fundamentais ligados à aposentadoria, e contra cortes na educação.

A última sexta-feira (14) foi marcada por protestos em todo o território brasileiro. Centrais sindicais, movimentos populares, estudantes e trabalhadores de diversos setores ocuparam as ruas em adesão à greve geral contra a reforma da Previdência (PEC 06/2019) do atual governo, que ameaça direitos fundamentais ligados à aposentadoria, e contra cortes na educação.

Em Fortaleza, a concentração teve início na Praça da Bandeira e seguiu até a Praça do Ferreira, uma caminhada de cerca de três quilômetros. O Sindicato dos Trabalhadores da Justiça Federal no Ceará também participou do ato e somou forças junto aos mais de 80 mil manifestantes, conforme apurou o jornal OPovo. Outros 57 municípios cearenses também aderiram à paralisação.

Em entrevista à TV Cidade, o diretor executivo do Sintrajufe/CE, Ranulfo Farias, ressaltou a importância do ato na luta contra a proposta e citou outros temas que deveriam estar dentro das prioridades do atual governo. “O que a gente vê é um pequeno grupo sendo privilegiado de fato, que são os banqueiros e as grandes empresas”, destacou.

Confira galeria: