Artigos Recentes

Rodrigo Maia recebe Meirelles na residência oficial da Câmara para discutir reforma da Previdência

Governo pretende usar o mês de janeiro para buscar votos a favor da reforma.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebeu na manhã desta quinta-feira (4) o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, na residência oficial para discutir a reforma da Previdência. Também foi ao encontro o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

Segundo o blog da Andréia Sadi, nesta primeira semana do ano, o governo retoma a discussão de estratégias para angariar votos para a proposta. Uma das negociações envolve a liberação das novas emendas parlamentares previstas no Orçamento de 2018. São cerca de R$ 7 bilhões previstos para os recursos, usados pelos deputados em suas bases eleitorais.

A estratégia de angariar apoio de deputados por meio da liberação de emendas já foi utilizada pelo governo Temer para rejeitar o prosseguimento das duas denúncias contra o presidente em 2017.

Entenda

A reforma da Previdência está em discussão na Câmara desde o ano passado. No entanto, por falta de votos o governo não conseguiu avançar e marcou a votação para 19 de fevereiro. Por se tratar de uma proposta de emenda constitucional (PEC), ela necessita para ser aprovada dos votos favoráveis de três quintos dos 513 deputados (308) em dois turnos de votação.