Artigos Recentes

‘TSUNAMI DA EDUCAÇÃO’ LEVA SERVIDORES, PROFESSORES E SOCIEDADE CIVIL ÀS RUAS DE FORTALEZA

Além de Fortaleza, pelo menos 6 cidades do estado também estiveram mobilizadas: Cascavel, Iguatu, Juazeiro do Norte, Itapipoca, Jaguaribara e Sobral.

O Brasil está novamente em protesto. Na capital cearense, servidores da Justiça Federal no Ceará e a diretoria do Sintrajufe/CE, representada pelo seu presidente, Fábio Sabóia, e pelo seu diretor executivo, Ranulfo Farias, somaram forças às milhares de pessoas que tomaram conta das ruas do Centro contra os cortes da educação e em defesa da Previdência Social. Além de Fortaleza, pelo menos 6 cidades do estado também estiveram mobilizadas: Cascavel, Iguatu, Juazeiro do Norte, Itapipoca, Jaguaribara e Sobral.

Manifestantes começaram a concentração a partir das 8h na Praça da Gentilândia, no bairro Benfica, e saíram em passeata pela Avenida 13 de Maio em direção ao Centro de Fortaleza, onde seguiram até a Praça da Bandeira. Segundo os organizadores, participaram da manifestação estudantes, professores e profissionais ligados à educação pública. O protesto foi convocado por frentes sindicais, associações e entidades estudantis.

PROTESTOS PELO BRASIL 

Desde a posse do atual presidente Jair Bolsonaro, que anunciou cortes na área e a reforma da Previdência, esta é a quarta mobilização nacional. A primeira aconteceu em 15 de maio em ao menos 222 cidades do país. A segunda ocorreu em 30 de maio, em pelo menos 136 cidades de 25 estados e do DF. A terceira foi no dia 14 de junho, a grande Greve Geral.

Confira galeria de fotos: